Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Pesquisa indica que homens são os maiores agressores e as maiores vítimas da violência

Pesquisa indica que homens são os maiores agressores e as maiores vítimas da violência
21/06/2008 18:17 -


     

 

 

Pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde sobre o perfil das vítimas de acidentes e violências no País aponta que os homens são os que mais geram atendimentos nas urgências e emergências do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Realizada em 84 unidades de atendimento de 37 municípios, a pesquisa indica que, do total de 5.488 notificações de pessoas vítimas de violências que procuraram as unidades de urgências e emergências, 3.896 (71%) eram homens, apontados também como os maiores agressores, com 3.670 (74%) dos registros de agressões. Entre as mulheres, foram detectadas 1.592 vítimas de acidentes e violências (29%).

 

Na avaliação por tipo de violência, as agressões e maus-tratos geraram 3.629 notificações, o que representou 73% do total de registros no sistema público. Entre as mulheres, foram 1.317 atendimentos (27%).

 

O levantamento revela que os homens também são as principais vítimas de acidentes em todo o país. Do total de 57.384 notificações de violências e acidentes atendidos nos 84 serviços de urgência e emergência pesquisados, 90% (51.896) resultaram de acidentes. Desse total, 65% (33.696) das notificações tinham os homens como vítimas.

 

Com informações da Agência Brasil

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...