Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Petista diz que bandeira da moralidade levantada por puccinelli "virou pó"

Petista diz que bandeira da moralidade levantada por puccinelli "virou pó"
07/12/2009 22:30 -


     

Karine Cortez

 

 

O deputado federal Vander Loubet (PT) disse que a bandeira da moralidade, levantada pelo governador André Puccinelli (PMDB), "virou pó" após divulgação de suposto envolvimento dele com crimes de enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro. Além disso, o parlamentar ainda ressaltou que Puccinelli vai chegar nas eleições de 2010 sem ter marca registrada em seu Governo. "Não tenho dúvida de que esse processo no STJ vai manchar e desgastar o governador", avaliou Vander.

Os líderes petistas, contudo, não acreditam na guerra de dossiês na campanha eleitoral, porque os candidatos a governador estão respondendo processos na Justiça estadual e federal. Portanto, nenhum poderá falar do outro. Como José Orcírio já está respondendo processos, eles esperam que a Assembleia Legislativa conceda autorização para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) abrir ação penal contra o governador por lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito. Em sua defesa, André pediu aos deputados que autorizem a solicitação da Justiça.

Para o senador Delcídio do Amaral (PT) o fato de ter que dar explicações à Justiça desgasta qualquer homem público. "Independente de qualquer coisa, questões como essa preocupam qualquer homem público e causa certo desgaste", salientou Delcídio. Mas não acredita na hipótese da Assembleia autorizar a abertura de processo contra o governador.

Felpuda


Mesmo sabendo que não é fácil conquistar a vitória, alguns políticos em pleno exercício do mandato disputam eleições, querendo trocar o Legislativo pelo Executivo e se dizendo preocupados com as necessidades do município. 

A jogada é antiga: fazem campanha eleitoral antecipada, pois vão tentar a reeleição, e começam a “trabalhar” o nome desde já. É bom lembrar o dito popular: “De boas intenções o inferno está cheio”. Ah, o poder!