Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Polícia Rodoviária flagra desvio de combustível em posto

Polícia Rodoviária flagra desvio de combustível em posto
04/03/2010 05:44 -


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) desbaratou um esquema de venda irregular e desvio de combustíveis. O caso foi descoberto na madrugada de ontem, durante averiguação de diversas denúncias sobre aquisição de combustíveis de maneira irregular no Auto Posto Garcias, situado na BR-262, em Três Lagoas. Os policiais encontraram dois veículos, sendo eles um VW/25.370 CLMT, placas CSK 5954/SP, e o outro um Volvo/ FH 400 6X2, placas CSK 5727/SP. De acordo com a PRF, a equipe constatou que os veículos entraram no pátio do posto e se aproximaram das bombas de combustíveis. Na sequência, com o auxílio de F.B.A., 27 anos, iniciaram o procedimento de desvio do produto que estava no conjunto acoplado ao veículo de placas CSK-5954/SP, conduzido por A.C.G., 41 anos. Em seguida foi feita a transferência de combustível do veículo placas CSK 5727/SP, conduzido por C.R.T., 29 anos, com a ajuda de N.O., 31 anos. Para essa manobra era usado um equipamento conhecido como “chupa-cabra”, que permite a retirada de combustível de caminhãotanque sem o rompimento do lacre de segurança. Flagrante Diante desses fatos, a equipe da PRF fez a abordagem dos acusados, dando-lhes voz de prisão pelo crime de furto de combustível. Foram apreendidos o produto furtado e os dois equipamentos utilizados para a manobra. Ainda no local, numa borracharia, foram encontrados oito galões com aproximadamente 250 litros de óleo diesel. Ainda conforme a polícia, há indícios de que o esquema vinha sendo feito há algum tempo e com vários caminhões de combustível. A Polícia Rodoviária Federal informou que a ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) de Três Lagoas. A partir de agora, a Polícia Civil deverá realizar investigações complementares em torno do caso. (TG)

Felpuda


Candidato a prefeito de cidade do interior foi buscar “inspiração” para elaborar seu programa de governo.

Assim, não se fez de rogado em beber da fonte de prefeito que tenta a reeleição em município da Bahia.

O dito-cujo cá dessas bandas copiou as propostas e vinha as apresentando como sendo de sua autoria.

A população já descobriu o plágio e ainda aguarda uma explicação.

Se não houver, as urnas certamente a darão.