Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Porta-voz de Schumacher dá possível nova versão para acidente

Porta-voz de Schumacher dá possível nova versão para acidente
01/01/2014 06:00 - terra


Em entrevista ao jornal alemão Bild, a porta-voz Sabine Kehn falou sobre uma possibilidade para as circunstâncias que provocaram o acidente de Michael Schumacher. Membro do estafe do ex-piloto, Sabine negou que a velocidade enquanto Schumacher esquiava não teria sido tão determinante e também disse não acreditar na versão de que só ele e seu filho estavam na pista.

"Digo isso com todo o cuidado por ter falado com pessoas que estavam por lá. Michael não estava sozinho, mas sim com um pequeno grupo de amigos. Acredito que ele esquiava com o grupo, perto de uma área com neve profunda, e ajudou um amigo que havia caído. Em uma área de neve profunda, acabou por atingir algumas rochas. Ele foi jogado para longe", relatou Sabine Kehn.

Em sua conversa com o jornal alemão, a porta-voz insistiu de que não era uma versão oficial e apenas um possível relato para o que havia acontecido na estação de esqui onde Schumacher se acidentou com gravidade. "É uma cadeia de circunstâncias extremamente infelizes. Este foi o grande problema. Não aconteceu porque Michael estava muito rápido", disse ela.

Segundo informações da manhã desta terça, houve uma ligeira evolução clínica no estado de saúde de Schumacher nas últimas 24 horas, mas seu estado é considerado de risco pelo Centro Hospitalar Universitário da cidade de Grenoble, na França. O alemão foi submetido a duas cirurgias cerebrais, a última delas na última manhã.  

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.