Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Produção de etanol sobe 17,7% e a de açúcar 12,6% na safra 2010/2011

Produção de etanol sobe 17,7% e a de açúcar 12,6% na safra 2010/2011
09/03/2010 08:18 -


A produção brasileira de etanol deve atingir 29,78 bilhões de litros na safra 2010/2011, alta de 17,75% sobre os 25,29 bilhões de litros de 2009/2010, de acordo com estimativa da Datagro Consultoria divulgada no III Simpósio Datagro/Udop, hoje (8), em Araçatuba (SP). No Centro-Sul, a produção de etanol deve aumentar 19%, de 23,18 bilhões de litros, para 27,58 bilhões de litros entre os períodos. A exportação brasileira de etanol deve ter um pequeno crescimento em volume e atingir 3,7 bilhões de litros na safra, contra 3,1 bilhões de litros em 2009/2010. Do total de álcool exportado em 2010/2011, 3,5 bilhões de litros sairão do Centro-Sul, ante 2,95 bilhões de litros na safra passada. Já a produção brasileira de açúcar no Brasil em 2010/2011 deve atingir 37,3 milhões de toneladas (t), 12,65% superior às 33,11 milhões de t da safra passada. No Centro-Sul, a produção deve crescer 14,46%, se comparadas as mesmas safras, de 28,48 milhões de t para 32,6 milhões de t de açúcar. As exportações brasileiras de açúcar devem aumentar 14,6%, para 25,1 milhões de t e as do Centro- Sul devem saltar 17%, para 22,7 milhões de t. Segundo Guilherme Nastari, diretor da Datagro Consultoria, apesar dos preços mais remuneradores do açúcar, o crescimento da produção de etanol será maior em 2010/2011 por dois motivos: a capacidade instalada para a produção de açúcar está perto do limite – no Centro-Sul, por exemplo, é de 33,5 milhões de t – e ainda porque as novas unidades que entrarão em operação na atual safra produzirão apenas álcool. Ainda de acordo com o consultor, as exportações de etanol devem crescer significativamente.

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!