Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Sistema “S” propõe encampar rodoviária

Sistema “S” propõe encampar rodoviária
03/03/2010 05:58 -


Caso a proposta de transferir a Universidade Estadual para a antiga rodoviária não se efetive, a alternativa mais consolidada é entregar o prédio para um consórcio formado pelas entidades que formam o Sistema “S” – Sesi, Sesc, Senac – administradas pelas federações do Comércio e da Indústria. A Fecomércio apresentou sua proposta à prefeitura em junho do ano passado. O projeto prevê a criação de um restaurante – escola voltado para o curso de gastronomia e formação de profissionais para atuar na rede hoteleira. Já o Sesi – vinculado à Federação das Indústrias – teria interesse em ocupar parte do espaço com a estrutura do curso de costura industrial, para atender à demanda por mão de obra do setor de vestuário e confecção. Os dois cinemas, com 700 lugares, seriam adaptados para servir como pequenos centros de convenção para a realização de palestras, seminários, shows musicais e teatrais. A Fecomércio propõe a reativação do terminal de transporte urbano coletivo no local, com acesso facilitado de pedestres à área central, e a criação de terminal rodoviário turístico com a função de recepção às chegadas e saídas de rotas turísticas. O projeto contempla também a concentração do City Tour municipal no local e transporte direto com a nova rodoviária e aeroporto. As duas entidades empresariais admitem que para abrigar esta estrutura do Sistema “S”, não vai ser preciso ocupar todo o prédio da antiga rodoviária. Outros serviços e instituições precisariam ser agregados para que não houvesse espaço ocioso.

Felpuda


Na troca de alfinetadas entre partidos que não se entenderam até agora sobre eventual aliança, uma outra peça está surgindo: trata-se do levantamento completo sobre investimentos feitos, recursos liberados, parcerias em todas as áreas, além do prazo de quando tudo isso começou. Caso os palanques venham a ficar distanciados, a divulgação será feita à exaustão durante a campanha eleitoral, para mostrar quem é quem na história. Os bombeiros continuam atuando.