Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Três mortos em acidente na rodovia 163

Três mortos em acidente na rodovia 163
18/02/2010 06:56 -


Três pessoas morreram e duas ficaram feridas em acidente envolvendo Gol e caminhão, que ocorreu por volta das 14h de ontem no km 742 da BR-163, entre Coxim e Sonora. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no momento da colisão chovia no local e provavelmente o carro de passeio aquaplanou – passou por uma lâmina de água, os pneus perderam aderência com a pista e o condutor perdeu o controle da direção – invadindo a pista contrária. Na ocasião, o veículo Gol com placas JZP-7157, de Cuiabá/ MT, conduzido pelo estudante Odimar Rodrigues Machado, 25 anos, colidiu de frente com o caminhão baú, placas MCH- 8937, de Herval do Oeste/SC, conduzido por Carlos Alex Hermann, 38 anos. Com o impacto, o caminhão rodou na pista. Conforme o jornalista Maikon Leal, do site Coxim Agora, que esteve no local do acidente, Odilmar passou o feriado de carnaval em Campo Grande e retornava para Cuiabá. O condutor do Gol confirmou que no momento chovia muito e ele não conseguiu evitar o acidente. Em função da colisão Odimar sofreu ferimentos leves, enquanto a passageira Cleidislaine da Silva Souza ficou gravemente ferida e foi encaminhada para o pronto-socorro de Coxim. Ivanda Rodrigues de Almeida, 47 anos, e seu filho Magno Caetano Rodrigues de Almeida, 20 anos, morreram no local, enquanto Ester Maria Rodrigues de Almeida, 14 anos, morreu no hospital. Todos eram ocupantes do Gol. As vítimas ficaram presas nas ferragens por aproximadamente 40 minutos e foram retiradas por equipe do Corpo de Bombeiros do município. No caminhão baú, estavam o motorista Carlos Alex e o irmão Marcelo Hermman, de 29 anos, que saíram ilesos. Segundo Maikon, eles deixaram uma mudança no município de Sapezal, em Mato Grosso, e, na ocasião, retornavam para Campo Grande.

Felpuda


Casal de políticos muito conhecido a-do-ra cargos públicos, e, assim, “um puxa o outro” na maratona política, que inclui disputa de mandatos, direção de órgãos e até mesmo nomeações com prerrogativa de não ter de bater ponto. A nova empreitada agora é conquistar uma das prefeituras do interior. Em caso de derrota, é quase certo que os nomes de ambos deverão aparecer no Diário Oficial antes mesmo do fim deste ano.