Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NIELSEN:

Vendas de cerveja crescem 12,6% no verão

Vendas de cerveja crescem 12,6% no verão
14/03/2014 09:45 - MSN


As altas temperaturas e os preços estáveis contribuíram para o crescimento das vendas de cerveja no País no início do verão 2014 (inclui dezembro de 2013 e janeiro de 2014).As vendas de cerveja cresceram 12,6% em volume na comparação com o mesmo período de 2013, conforme levantamento da empresa de pesquisa Nielsen. Já as vendas de sorvete dispararam 35,4%; as de suco pronto, 25,9%, e as de refrigerantes, 1,7%.

"É esperada a mesma tendência de crescimento em fevereiro, por conta da continuidade do calor", afirmou o executivo de atendimento da Nielsen, Henrique Suarti Reis.

Copa. Alguns desses itens deverão ter um consumo também maior durante a Copa do Mundo, entre junho e julho no Brasil, seguindo a tendência dos eventos esportivos anteriores. Conforme a Nielsen, na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, as vendas de cerveja no período do evento cresceram 16,5%; as de salgadinho, 9,2%.

A Nielsen também fez um levantamento no qual mostrou que 63% dos brasileiros disseram que consomem algo enquanto assistem esportes na televisão. Dentre os itens estão refrigerante (43% do total), cerveja (37%), pipoca (37%), salgadinho (22%), biscoito (15%), sucos (5%), amendoim (4%) e drops/balas (3%). "Mas é importante que a empresas e o varejo se planejem bem para encarar as sazonalidades e tirar o máximo proveito disso", ressaltou o executivo.

Felpuda


Partido político está vivendo processo de autofagia cá por essas bandas. Nada de ideologia ou defesa dos interesses dos filiados. O problema, segundo os mais observadores, é que lideranças não se contentaram em ter cada uma o seu pedaço e decidiram tomar conta com exclusividade do espólio, que, aliás, é regado com cifras milionárias. A legenda deverá se transformarem uma máquina de lavar, no caso, cheia de roupas sujas. E dê-lhe!