Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Vox Populi confirma vantagem de cinco pontos de Dilma

Vox Populi confirma vantagem de cinco pontos de Dilma
30/06/2010 07:40 -


São Paulo

Pesquisa Vox Populi confirmou a vantagem de Dilma Rousseff (PT) sobre José Serra (PSDB) na corrida pela sucessão presidencial. O levantamento indica que Dilma tem 40% das intenções de voto. José Serra (PSDB) tem 35% e Marina Silva (PV), 8%. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual, para mais ou para menos.

Os resultados são da pesquisa estimulada. Na modalidade espontânea, Dilma tem 26% e Serra tem 20%, informou o blog do Fernando Rodrigues.
A pesquisa foi feita de 24 a 26 de junho de 2010 com 3.000 eleitores. Seu registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é o 16944/2010.

Na pesquisa divulgada em maio pelo instituto, Dilma estava na frente com 38% das intenções, enquanto Serra tinha 35%. No entanto, como a margem de erro era de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estavam tecnicamente empatados.

Na semana passada, Dilma também apareceu à frente de Serra na disputa, segundo pesquisa Ibope encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria).

Futuro
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ontem que Dilma terá o direito de pleitear o segundo mandato, caso seja eleita nas eleições gerais de outubro. “Não me importo em ser simplesmente um cabo eleitoral para ela nessas eleições”, assegurou o presidente, em resposta a setores da oposição que alegam que a eventual vitória de Dilma abriria caminho para que ele voltasse ao poder em 2014.

Além de descartar essa hipótese, Lula elogiou sua candidata, classificando a ex-ministra da Casa Civil de “preparada e competente”.
Lula falou com os jornalistas após participar de encontro empresarial Brasil-Itália, na Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), em São Paulo, que contou, entre outros, com a presença do primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi.

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.