Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

INTERIOR

Acusado de assassinar ex-prefeito e ex-deputado é preso em Amambai

Foragido há 17 dias, suspeito estava escondido no Paraguai
12/03/2020 12:02 - Thiago Gomes


 

Luiz Fernandes, o “Paraguaio”, suspeito do assassinato do ex-prefeito de Amambai e ex-deputado estadual Dirceu Lanzarini, foi preso na manhã desta quinta-feira. Ele foi detido após prolongada negociação com o advogado, que o acompanhou de uma área rural de Amambai até a delegacia de Polícia Civil do município, onde houve o cumprimento do mandado de prisão preventiva.

Segundo informações da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Luiz Fernandes estava escondido em território paraguaio. Desde o crime, ocorrido em 24 de fevereiro, a polícia vinha mantendo equipes em buscas constantes - principalmente do Departamento de Operações de Fronteira - e conversação com o advogado para que o suspeito se apresentasse.

No dia do crime, Dirceu, que ultimamente ocupava o cargo de secretário especial no governo do Estado, estava em fazenda de sua propriedade, com o genro e com Luiz Fernandes, seu funcionário há dez anos. Os dois tiveram uma discussão exaltada, desentendimento esse por causa de sementes para uso na fazenda.  Em meio à discussão, Lanzarini acabou foi atingido com um tiro na cabeça, disparo pelo empregado.

 
Suspeito foi transferido de helicóptero para prestar depoimento - Reprodução/WhatsApp
 

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.