Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Batalhão de Choque prende seis por invadir condomínio de luxo e furtar casa

Grupo tinha parte do dinheiro furtado, e ainda barras de ouro e dinheiro vivo
28/02/2020 16:30 - Bruna Aquino, Eduardo Miranda


O Batalhão de Choque da Polícia Miltar prendeu seis pessoas na manhã desta sexta-feira (28) com objetos roubados de uma casa localizada dentro do condomínio Shalom, no Jardim Noroeste. O furto no condomínio de luxo ocorreu na madrugada do último sábado, 22, em Campo Grande.  

Com os criminosos os policiais do Batalhão de Choque encontraram seis relógios, R$ 1.129,00 em espécie, um automóvel Gol, quatro barras de ouro e três frascos de perfume roubado da casa. Um revólver calibre 32 também estava com os criminosos, que foram localizados em uma casa no Bairro Tiradentes.  

Na Polícia Civil, para onde foram levados, eles foram autuados nos crimes de posse irregular de arma de fogo, receptação, associação criminosa, furto e corrupção de menores.  

O CRIME

Os valores furtados, relatados em boletim de ocorrência, não foram totalmente recuperados. Conforme a Polícia Civil, o empresário de 50 anos, proprietário da residência recebeu uma ligação do porteiro verificando se ele estava na casa, porque o local estava com alguns cômodos acessos e as portas todas abertas.  

Segundo informou em boletim de ocorrência, a vítima pediu para o funcionário fosse até o local verificar porque ele não estava em casa. O zelador então encontrou o quarto da vítima totalmente bagunçado e revirado.  

A vítima informou à polícia que quando chegou e foi verificar a residência percebeu que os criminosos haviam levado o cofre onde estavam joias, dois revólveres com o registro, vários documentos, 130 euros, 320 dólares. Além disso, ele contou que várias bolsas de marca, roupas e chave também tinham sido levadas e estima que o prejuízo chegue a R$ 500 mil.  

O residencial tem uma cerca ao redor do condomínio, no lugar do muro e é rodeado por uma grande área desmatada. Os bandidos invadiram a casa mais próxima da cerca e saíram com os objetos furtados sem serem percebidos.  

Neste ano, a Polícia Civil já registrou furtos em pelo menos outros dois condomínios de Campo Grande, entre eles o Dhama.

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.