Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FALSO FRETE

Caminhoneiro reage a assalto, toma arma e ladrão é morto no Jardim Carioca

Caso aconteceu na região oeste de Campo Grande, nesta manhã de sábado; motorista teve que lutar contra dois assaltantes
22/08/2020 10:34 - Gabrielle Tavares, Nyelder Rodrigues


Um jovem ainda não identificado foi morto na manhã deste sábado (22) ao tentar assaltar um caminhoneiro, no Jardim Carioca, região oeste de Campo Grande. Ele e um comparsa tentaram aplicar o golpe do falso frete no motorista, que reagiu e tomou a arma de um deles, que acabou baleado e falecendo durante os primeiros socorros.

Conforme a própria vítima, Inácio Eich, que tem 43 anos, ele foi contratado pela dupla e se deslocou por cerca de 700 km até chegar em Campo Grande para realizar o frete até Cascavel (PR). Ele veio da também parananense de Medianeira para o trabalho.

"Me passaram o localizador e vim até aqui. Encontrei os dois e logo que eles entraram no caminhão, já sacaram a arma e anunciaram o assalto. Falaram que não iam fazer nada comigo, mas que o caminhão já não era mais meu", conta o motorista.

 
 

Ele ainda explica que em um primeiro momento achou que se tratava de uma brincadeira, até perceber que se tratava mesmo de um golpe do falso frete. "Falei que estava trabalhando, tinha dormido em Dourados para chegar aqui, e ele disse que também só estava trabalhando", revela o caminheiro, que completa.

"Então teve uma hora que reagi e agarrei o revólver que estava com o maior dos dois bandidos. Caímos no chão e fui enforcado por trás. Foi aí que acabei atirando e acertando o maior deles, que era quem estava armado", frisa.

Eich ainda diz que o disparo foi acidental por causa da luta com a dupla, sendo que o comparsa do rapaz que estava armado conseguiu recuperar o revólver. "Eu estava entregue e nem conseguia mais gritar. Ele tentou atirar mais a arma falhou".

Em seguida, o rapaz baleado seguiu para a rua Carlos Castilho junto ao seu comparsa, um adolescente. Lá, eles foram para uma kitnet alugada e sem móveis e aguardaram a chegada do Corpo de Bombeiros, que ainda encontrou o jovem ferido com vida, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local durante o socorro.

"Ouvimos a confusão e vimos o caminhoneiro pedindo ajuda. Ele foi enforcado e estava todo machucado, chorando por causa da situação. Gastou para vir até aqui e passar por isso. Ele ficou abalado", conta uma vizinha viu parte dos fatos. Foram os vizinhos que também acionaram a Polícia Militar (PM).

Agora, equipes policiais buscam pela arma usada no assalto e que resultou na morte de um dos ladrões. O comparsa do rapaz baleado afirma que se desfez da arma em uma área de matagal, contudo, ela não foi encontrada. A busca pelo revólver continua, enquanto é feito o trabalho de perícia criminalística.

 
 

Felpuda


Candidato a prefeito em cidade do interior tremeu que só nas bases diante da decisão que tirou a corda do pescoço de adversário, liberando o dito-cujo para disputar a eleição.

Como acreditava que o pleito seria “um passeio”, estava até pensando no modelito que usaria no dia da posse.

Agora, teme nadar, nadar e morrer na beira da praia, deixando o terno pendurado no cabide.