Clique aqui e veja as últimas notícias!

MULHER EM CÁRCERE

Pastor que manteve esposa em cárcere a conheceu em momento de fragilidade, diz vizinho

Mulher havia perdido o filho e o ex-marido pouco tempo antes de conhecer o pastor
12/03/2020 18:23 - Fábio Oruê


 

Mulher agredida e mantida em cárcere privado pelo marido, o pastor Jesus Gorgs, começou a se relacionar com ele logo após perder o ex-marido e o único filho, que morreram com diferença de um ano. Gorgs era membro da mesma igreja que a vítima, a Assembleia de Deus. 

Vizinho da família há mais de 30 anos, que preferiu não ser identificado, contou que o filho falecido havia sofrido um acidente durante um racha de motos e ficou em estado vegetativo. “Ele ficou muito tempo internado e ela decidiu trazer ele para casa, com todo o equipamento médico. Ele definhou até morrer; menino novo; 25 anos”, disse ele. “Um ano antes dele morrer o marido dela morreu em um assalto lá em São Paulo”, continuou. 

Ainda muito chocada e preocupada com o estado da vítima, a família não quis se manifestar. Porém, este vizinho disse que não passou muito tempo entre as mortes e o início do relacionamento. “Logo depois [das mortes]”, revelou. “E ela mudou muito; parece que se afastou da família, excluiu o facebook. Antes eu viu bastante ela, mas depois era só para cumprimentar. Eu era bastante amigo do ex-marido”, contou.