Clique aqui e veja as últimas notícias!

APROVAÇÃO

Comissão do Senado aprova desembargador do MS para ministro do TST

A escolha é do presidente Jair Bolsonaro
05/07/2021 17:50 - Thiago Gomes


A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal aprovou, em sabatina realizada na tarde desta segunda-feira, o nome o desembargador Amaury Rodrigues Pinto Júnior, atual presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (Mato Grosso do Sul), para ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST). A escolha é do presidente Jair Bolsonaro.

A indicação de Amaury Rodrigues foi relatada na CCJ pelo senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) e foi aprovada por 19 votos a favor, um não e uma abstenção. Agora, o nome passará pelo Plenário do Senado, o que poderá ocorrer ainda nesta semana.

Últimas Notícias

O nome do desembargador Amaury era o terceiro na lista tríplice enviada a Jair Bolsonaro, onde também estavam as desembargadoras Jane Granzoto, do TRT da 2ª Região (SP), e Morgana Richa, do TRT da 9ª Região (PR).  

A indicação destina-se ao preenchimento de vaga de ministro reservada à magistratura de carreira decorrente da aposentadoria do ministro Márcio Eurico Vitral Amaro. O ministro Márcio Eurico também presidiu o TRT de Mato Grosso do Sul antes de chegar ao TST.

Também ontem a Comissão de Constituição e Justiça analisou a indicação de Alberto Bastos Balazeiro, procurador-geral do Trabalho, para exercer o cargo de ministro do Tribunal Superior do Trabalho, na vaga destinada a membro do Ministério Público do Trabalho, decorrente da aposentadoria do ministro João Batista Brito Pereira.

A CCJ aprovou, ainda, a indicação do almirante de esquadra da Marinha Claudio Portugal de Viveiros ao cargo de ministro do Superior Tribunal Militar (STM).

Assine o Correio do Estado