Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DENÚNCIA ANÔNIMA

Detido durante Omertà II paga fiança, mas é preso novamente com revólver ilegal

Denúncia de carro suspeito levou policiais a encontrarem arma e munição ilegais
18/03/2020 17:42 - Fábio Oruê


 

Um dos detidos durante a segunda fase da Operação Omertà - que investiga os crimes de pistolagem em Campo Grande - foi preso novamente na manhã de hoje (18), quase um dia depois de ser levado pelos policiais durante a deflagração da operação, na manhã de ontem (17). Ele havia pagado a fiança - que não teve o valor divulgado - e sido liberado. 

Conforme informações do Batalhão de Choque da Polícia Militar, uma denúncia anônima levou os policiais até uma casa alugada, no Bairro Moreninhas, onde um carro importado havia sido visto entrando no local. Conhecendo o suspeito do dia anterior - detido por ter munição calibre .38 em uma outra casa - os oficiais entraram em contato com ele, que negou haver carro importado na residência citada e que acompanharia a guarnição durante vistoria. 

No local, que ele aluga em conjunto com um amigo pintor há três meses, não foi encontrado nenhum veículo importado, mas vários carros e motos regulares. Porém, dentro do quarto do suspeito foi encontrado um revólver calibre .38 com munições. 

Ele alegou que a posse da arma era de seu amigo pintor e ambos foram presos. O homem que foi preso também na Omertà foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras). 

 

Felpuda


A lista do Tribunal de Contas de MS, com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros de quando exerceram cargos públicos, está deixando muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!