Clique aqui e veja as últimas notícias!

JOGO DO BICHO

Prefeitura e Garras realizam operação para retirada de bancas do jogo do bicho

Equipes estiveram na região central para a retirada de 87 bancas que estão em locais irregulares
09/12/2020 12:47 - Rafaela Moreira


Foram às ruas na manhã de hoje (9), equipes da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras) e prefeitura, para cumprir a ordem de retirada das bancas do jogo do bicho que, ocupam de maneira irregular as áreas de passeio em Campo Grande.

De acordo com a delegada Daniela Kades, a irregularidade foi constatada durante uma das fases da operação Omertà e foi dado o prazo de 10 dias para a retirada das bancas, que venceu no dia 5 de dezembro. 

Ao todo, são 87 unidades instaladas em locais públicos.

Conforme apurado, estiveram nas ruas da capital duas equipes, divididas em oito policiais do Garras, dando o apoio aos fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) e da Secretaria Municipal De Infraestrutura E Serviços Públicos (Sisep).

Acompanhe as últimas notícias

Para o desenvolvimento da operação foram utilizados dois caminhões de carga e dois caminhões-munck para a retirada das bancas. Nos próximos dias, as equipes irão percorrer mais seis regiões urbanas de Campo Grande.

Segundo a delegada Daniela Kades, o trabalho ainda deve continuar nos próximos dias. “Hoje as equipes estão na região central, mas devido ao número de bancas que precisam ser retiradas, o trabalho deve durar mais alguns dias”.

Na operação “Black Cat”, todas as bancas do jogo do bicho foram lacradas e impedidas de funcionar. A prefeitura foi informada que 107 endereços estavam ocupando calçadas de maneira irregular.

A nova fase da Omertà teve como alvos o deputado Jamilson Name e o Pantanal Cap