Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FEMINICÍDIO

Guarda que matou ex-namorada alugaria casa no Aero Rancho

Policiais fizeram operação no bairro após denúncias de que homem era escondido por familiares
05/03/2020 12:23 - Daiany Albuquerque


O guarda municipal Valtenir Pereira da Silva, 35 anos, que matou a tiros a ex-namorada e o marido de uma amiga no domingo (1º) e que está foragido desde então, estava tentando alugar uma casa no bairro Aero Rancho, região sul de Campo Grande, conforme apurado pelo Correio do Estado.

Na manhã desta quinta-feira (5), equipes da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos, Assaltos e Sequestros (Garras), Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar), Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), além de policiais à paisana e um helicóptero participaram de operação no bairro para tentar prender o autor do duplo homicídio.

Maxelline da Silva dos Santos, 28 anos, e Steferson Batista de Souza, 32 anos, foram mortos na madrugada de domingo em frente a casa do rapaz. Segundo familiares da vítima, o guarda não aceitava o fim do relacionamento e já havia tentado matar a jovem em uma outra oportunidade, quando ela conseguiu fugir.

No fim de semana, porém, o guarda foi armado até o local, onde era realizado um churrasco com a presença da jovem e bateu palmas. Ao atender o portão, ao lado da dona da casa, Maxelline levou um tiro na cabeça. Sua amiga, Kamila Teles Bispo, 31 anos, tentou correr e levou um tiro nas costas. 

O marido de Kamila ouviu o tiro e foi ver o que tinha acontecido, quando também foi atingido por um disparo. Ele morreu no local.

Os policiais fizeram buscas em uma casa na Rua Plínio Mendes dos Santos, no Aero Rancho, que pertence ao primo de Valtenir, após denúncias de que familiares estavam escondendo o guarda. No local foram encontrados documentos, a farda e o cassetete do rapaz, porém, ele não estava na casa.

Os agentes ainda foram em outro imóvel, localizado a algumas quadras da residência do primo, onde, segundo apurado, Valtenir pretendia se esconder, ele alugaria o local.

De acordo com informações, a ação faz parte da Operação Marias, realizada mensalmente pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam). Após sair do bairro, informações dão conta de que o comboio seguiu para Jaraguari, para investigar a informação de que o guarda municipal estaria escondido em um assentamento no município.

Colaborou: Valdenir Rezende

Matéria atualizada para correção de informações às 12h55.

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.