Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TOQUE DE RECOLHER

Guardas fecham 14 comércios e recuperam veículo furtado

Ao todo 69 pessoas foram abordadas e orientadas a voltarem para dentro de suas residências
08/04/2020 09:12 - Daiany Albuquerque


 

A Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande fechou 14 estabelecimentos comerciais entre a noite de terça-feira (7) e a madrugada desta quarta-feira, durante vigência do toque de recolher. Nas rondas a corporação também recuperou um veículo que havia sido furtado.

Por determinação da Prefeitura de Campo Grande, está proibida a circulação de pessoas das 22h ás 5h, devido à pandemia da Covid-19, o novo coronavírus. Apenas farmácias e supermercados que possuem licença para atuarem 24 horas podem permanecer abertos.

De acordo com balanço divulgado pela GCM, 14 estabelecimentos comerciais foram orientados a fecharem as portas e nenhum proprietário apresentou resistência. A corporação também abordou 69 pessoas que estavam na rua e foram orientadas a voltarem para dentro de suas residências.

Um veículo que havia sido furtado na manhã de terça-feira foi recuperado durante as rondas noturnas da Guarda. Outros 15 veículos foram abordados, um foi removido ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS), dois condutores foram notificados por não ser habilitado e outro por conduzir veículo com Certificado de registro e licenciamento de veículo (CRLV) vencido.
Ao todo atuaram na fiscalização 38 guardas municipais, em oito viaturas de duas rodas e 14 de quatro rodas. O toque de recolher foi prorrogado pela administração municipal para evitar a propagação do novo coronavírus, que já matou duas pessoas em Mato Grosso do Sul.

Felpuda


Na troca de alfinetadas entre partidos que não se entenderam até agora sobre eventual aliança, uma outra peça está surgindo: trata-se do levantamento completo sobre investimentos feitos, recursos liberados, parcerias em todas as áreas, além do prazo de quando tudo isso começou. Caso os palanques venham a ficar distanciados, a divulgação será feita à exaustão durante a campanha eleitoral, para mostrar quem é quem na história. Os bombeiros continuam atuando.