VIOLÊNCIA

Jornalista é assassinado a tiros na fronteira

Pistoleiros encapuzados executaram Léo Veras em Pedro Juan Caballero
12/02/2020 21:10 - Eduardo Miranda


O jornalista Léo Veras, do site Porã News, que atua na região de fronteira, foi assassinado na noite desta quarta-feira (13) em Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Veras estava em casa quando foi abordado por dois homens encapuzadas fortemente armados, que atiraram sem oferecer qualquer chance de defesa para o jornalista. Conforme a polícia paraguaia, os pistoleiros forçaram a entrada na residência.

O jornalista chegou a ser atendido em um hospital privado de Pedro Juan Caballero, mas não resistiu aos ferimentos.

Léo Veras era proprietário do site Porã News. Nascido do lado paraguaio da fronteira, com importante atuação em Ponta Porã.

Recentemente, Veras foi entrevistado pelo programa da Rede Record, Domingo Espetacular, quando falou da criminalidade na fronteira. Conforme o site Hoy, do Paraguai, Veras já havia sido ameaçado de morte.

 
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".