Clique aqui e veja as últimas notícias!

CARNAVAL NA PANDEMIA

Em 2 dias de operação, Guarda aborda 769 pessoas e desmancha 5 festas clandestinas

Polícia Militar do Estado também realiza operação em cidades turísticas para evitar aglomerações
14/02/2021 16:49 - Brenda Machado


Em Campo Grande, a Operação Toque de Recolher foi intensificada para atender as demandas do feriado prolongado de Carnaval e, apenas num intervalo de dois dias, já abordou 796 pessoas e desmanchou 5 festas clandestinas.

O reforçou na ação dura de sexta-feira (12) até a quarta-feira de cinzas (17) e conta com a parceria da Guarda Civil Metropolitana, Vigilância Municipal Sanitária, Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetran) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur).

Últimas Notícias

Na primeira noite de maior fiscalização, a Guarda registrou 576 abordagens; todos foram flagrados descumprindo a medida de confinamento domiciliar, prevista nos decretos municipais e estaduais, e foram orientadas a retornarem para suas casas.

Ainda nesta primeira noite, 4 festas clandestinas foram desmanchadas e, apenas em uma conveniência, a equipe encontrou 130 pessoas aglomerando.

Dos 21 estabelecimentos fiscalizados, 2 foram autuados por equipes da Vigilância e da Semadur.

No trânsito, a Agetran abordou 533 pessoas e lavrou 14 notificações, dentre elas o flagrante de três condutores que não possuíam Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e duas pessoas dirigindo sob efeito de álcool.

Já na segunda noite, deste sábado (13), o número de estabelecimentos fiscalizados aumentou, foram 40. Destes, um foi interditado e outros dois autuados.

Em relação às abordagens, 220 pessoas foram orientadas a voltar para suas casas, e uma festa clandestina também foi encerrada.

Ao todo, 4 boletins de ocorrência precisaram ser expedidos furante a madrugada.

Esplanada Ferroviária

A região central da Capital é a mais popular quando o assunto é carnaval. Todos os anos cerca de 5 mil pessoas se reúnem nos blocos carnavalescos em cada um dos dias do feriado.

Porém, ao contrário do que todo folião está acostumado, a pandemia do novo Coronavírus não permitiu que a aglomeração acontecesse.

A alegria dos bloquinhos na rua passou a animar as telas, com folia virtual, e, para garantir que a população respeitasse os espaços públicos, a Guarda Civil Metropolitana interditou a área da Esplanada Ferroviária.

A interdição aconteceu ainda na sexta-feira (12) e foi feita com tapumes e grades.

Segundo o secretário especial de Segurança e Defesa Social (Sesdes), Valério Azambuja, as fiscalizações também estão sendo intensificadas nas regiões da Orla Ferroviária, Praça do Papa, Mirante do Aeroporto, Altos da Afonso Pena, Lagoa Itatiaia e Praça Aquidauana.

"Como nós estamos vivendo neste estágio de pandemia, a Prefeitura proibiu as aglomerações carnavalescas.", destacou o secretário.

Ainda segundo ele, a título de curiosidade, no ano passado, somente na Esplanada Ferroviária foram contabilizadas mais de 115 mil pessoas ao longo de cinco dias de festa.