Clique aqui e veja as últimas notícias!

DIA DA MULHER

Em operação iniciada por Ministério, quase 200 pessoas do Estado foram presas por violência contra mulher

A operação acontece nos 26 Estados e no Distrito Federal; desde o dia 1º de janeiro, foram apuradas no Estado mais de 2.138 denúncias
08/03/2021 09:44 - Gabrielle Tavares


Operação Resguardo, iniciada em janeiro deste ano pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, visa coibir a violência contra a mulher em todo país. Nos meses de atuação, foram presas 183 pessoas em Mato Grosso do Sul, das quais 124 foram em flagrante. Só na Capital foram 125, dessas, 81 em flagrante.

A ação foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (08) pela Polícia Civil de Mato Grosso do Sul e Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), com apoio das Delegacias de Atendimento à Mulher do interior.

A operação acontece nos 26 Estados e no Distrito Federal. Desde o dia 1º de janeiro, foram apuradas no Estado mais de 2.138 denúncias de violência contra mulher, que resultaram em instauração de 1.653 inquéritos policiais, 60 mandados de prisão, 82 cumprimentos de mandados judiciais, com atendimento de mais de 2.138 vítimas sul-mato-grossenses.

Últimas notícias

Em Campo Grande foram 1.315 vítimas atendidas, 852 medidas protetivas solicitadas/expedidas, 106 armas e outros objetos apreendidos, além de 681 inquéritos policiais instaurados e 686 inquéritos policiais concluídos.

Nesta segunda-feira serão verificados os cumprimentos de medidas protetivas e checagem de denúncias de violência contra a mulher, além de cumprimentos de mandados de prisão e mandado de busca e apreensão domiciliar.

Dia Internacional da Mulher

A Operação foi deflagrada no Dia Internacional da Mulher, oficializada pela Organização das Nações Unidas na década de 70. Desde o início, a data é usada para igualdade de direitos entre homens e mulheres, alguns deles já foram conquistados pela maior parte do mundo, como o direito ao voto, mas a luta contra a violência ainda permanece.

São vários acontecimentos que influenciaram a criação do Dia da Mulher. Um deles foi em Nova Iorque, no dia 25 de março de 1911. Um incêndio na fábrica de tecidos Triangle Shirtwaist Company matou 146 pessoas, 125 mulheres e 21 homens, a maioria dos mortos eram judeus.

O fogo se deu pelas péssimas instalações elétricas associadas à composição do solo e das repartições da fábrica, além do grande número de tecidos nas instalações. 

Na época, proprietários trancavam seus funcionários na fábrica durante o expediente como forma de conter motins e greves. No momento em que a Triangle pegou fogo, as portas estavam trancadas.

Assine o Correio do Estado