Polícia
APARECIDA DO TABOADO

Após passar mais de dois meses em cárcere privado, mulher é resgatada no interior de MS

Casa onde vítima foi encontrada não tinha água ou energia elétrica, além de estar em condições insalubres

Ana Clara Santos

17/05/2022 16:12

Uma mulher, de 33 anos, que não teve a identidade revelada, foi resgatada de uma casa onde era mantida em cárcere privado e em péssimas condições de higiene e salubridade, em Aparecida do Taboado, cidade no interior de Mato Grosso do Sul. De acordo com a mulher, além da privação de liberdade, que durou dois meses, ela também sofria constantes agressões por parte de seu marido, de 35 anos, que também não foi identificado. 

Após a denúncia, a Polícia Civil foi ao local para resgatar a vítima, a encontrando junto com o marido em uma casa em condições subumanas e, de acordo com ela, o acusado sempre a agredia com socos, chutes e pauladas.