Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

OPERAÇÃO

PF cumpre mandados em inquérito que investiga atos contra a democracia

Medidas foram autorizadas pelo ministro do STF
16/06/2020 07:46 - Da Redação


A Polícia Federal cumpre, na manhã desta terça-feira (16), 21 mandados de busca e apreensão a pedido da Procuradoria Geral da República e determinadas pelo Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

“As medidas têm o objetivo de instruir o Inquérito n.º 4.828/DF/STF que investiga a origem de recursos e a estrutura de financiamento de grupos suspeitos da prática de atos contra a Democracia”, afirma a PF em nota.

Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Santa Catarina e no Distrito Federal.

ALVO
No Twitter, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), aliado do presidente Jair Bolsonaro, disse que foi 1 dos alvos da operação. Segundo ele, a Polícia Federal estava em seu apartamento. Disse ainda que a ação da refletia como ele incomodava o “velho poder”.

“Estou de fato incomodando algumas esferas do velho poder”, afirmou. “E cada dia estarei mais firme nessa guerra!”, completou.

ATIVISTA PRESA

Na segunda-feira (15), a ativista bolsonarista Sara Giromini (ou Sara Winter) do movimento 300, foi presa em uma ação dentro do mesmo inquérito. Ela foi uma das coordenadoras de um acampamento de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro na Esplanada dos Ministérios.

*As informações são do portal Infomoney

 

Felpuda


Comentários maldosos nos meios políticos dão conta que duas figurinhas que se rebelaram contra os próprios colegas poderão ficar no sereno político e, de forma indireta, serem personagens das próprias manifestações.

Um deles defendeu a redução do número de vereadores, e o outro disse ter vergonha de exercer o cargo. Agora enfrentam altos e baixos na campanha eleitoral.