Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ASSASSINATO

Polícia caça homem que matou companheira com requintes de crueldade

Suspeito de assassinar mulher já tinha passagens pela polícia e antes de fugir, agiu normalmente ao encontrar com o filho de 6 da vítima
20/02/2020 11:53 - Camila Andrade Zanin


 

Ivonil Gomes de Freitas, de 41 anos, conhecido por ‘Paraguai’ é procurado pela Polícia Civil de Fátima do Sul. Ele é o principal suspeito de ter assinassinado sua companheira, Jucileide Barbosa de Oliveira, 43 anos.  Eles namoravam há 3 meses e no ano passado, a vítima havia denunciado o agressor e solicitado medida protetiva contra ele. 

O suspeito já havia sido preso anteriormente, tendo inclusive cumprido pena Penitenciária Estadual de Dourados (PED). O corpo foi encontrado pelo filho de 6 anos da vítima ao lado da cama, na manhã desta quinta-feira (20).

Segundo o delegado que atendeu o caso, Humberto Peres Lima, a criança teria acordado logo cedo e cruzou com o padrasto no corredor da casa. O mesmo afirmou que estava saindo para trabalhar. Quando o menino entrou no quarto da mãe, a viu caída ao lado da cama, com ferimentos de golpes de martelo na cabeça e um corte profundo no pescoço.

Jucileide Barbosa de Oliveira, de 43 anos foi assassinada a golpes de martelo e de facadas, na manhã desta quinta-feira (20), em Culturama no distrito de Fátima do Sul, a 237 quilômetros de Campo Grande. O crime aconteceu na casa da vítima, localizada na Rua Pioneiro.

HISTÓRICO

Peres ainda disse que no ano passado Jucileide havia registrado boletim de ocorrência contra ‘Paraguai’ e pedido, medida protetiva contra ele, mas voltou a conviver com o homem. Informações são de que ele possa estar ferido já que havia muito sangue no corredor da casa por onde ele teria passado para fugir.

Segundo a perícia, a mulher teve várias lesões nos braços, indicando que ela fez movimento para tentar se defender dos ataques. Além do corpo ferido, havia sangue na parede, no lençol e no travesseiro. Os policiais constataram que há pingos de sangue em outros cômodos da casa, indício de que o criminoso também sofreu ferimentos.

O martelo e a faca, usados para cometer o crime, foram encontrados e apreendidos pela polícia, que procura por ‘Paraguai’. O socorro foi chamado, mas a mulher já estava morta. A polícia faz buscas na região para tentar localizar o suspeito, que fugiu e está foragido.

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!