Clique aqui e veja as últimas notícias!

MILÍCIA

Polícia Civil investiga suposta milícia que loteia espaços no Brás, em São Paulo

Recentemente o subprefeito da Mooca, José Rubens Domingues, disse que a prefeitura havia identificado uma rede, classificada por ele como "milícia"
11/09/2021 23:00 - FOLHAPRESS


A Polícia Civil investiga denúncia de loteamento de espaços públicos para vendedores ambulantes no Brás, na região central de São Paulo.  

Recentemente o subprefeito da Mooca, José Rubens Domingues, disse que a prefeitura havia identificado uma rede, classificada por ele como "milícia".

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, a investiga a ação de criminosos que se passam por policiais para atuarem na região.

A pasta não especificou quem seriam os criminosos ou se algum deles já foi preso. Também não disse se entre os investigados estão policiais civis ou militares.

Últimas notícias

Em entrevista ao Agora no mês passado, o subprefeito disse que no Brás existe uma rede de distribuição de produtos ilegais e que "além disso, há uma rede também de ilegais que loteiam o espaço público".

Procurada pela reportagem, a Ouvidoria das Polícias, órgão que recebe denúncias contra atuação de policiais civis e militares e tem como atribuição encaminhar as queixas para as respectivas Corregedorias, afirmou já ter recebido reclamações sobre a atuação de PMs no Brás.

"Desde o ano de 2019 recebemos três denúncias com o mesmo teor, de que policiais militares estariam nas folgas fazendo bicos na região irregularmente. As acusações foram encaminhadas para a Corregedoria da PM e não temos nenhuma resposta até agora", disse o ouvidor Elizeu Soares Lopes por meio de assessoria de imprensa. 

A nota não fala de falsos policiais, mas de PMs, como cita a secretaria.