Clique aqui e veja as últimas notícias!

ASSASSINO EM SÉRIE

Suspeito de matar homossexuais em série é preso em Curitiba

De acordo com as investigações da Polícia Civil do Paraná, o suspeito marcava os encontros por aplicativos de relacionamento usando nome e fotos falsas
29/05/2021 22:00 - FOLHAPRESS


A Polícia Civil do Paraná prendeu o suspeito do assassinato de três homens gays ocorridos entre os dias 16 de abril e 04 de maio deste ano nas cidades de Curitiba (PR) e Abelardo Luz (SC).

A captura de José Tiago Correia Soroka, 33, aconteceu na manhã deste sábado (29) no bairro Capão Raso, em Curitiba.

As três vítimas eram homossexuais e moravam sozinhas e foram encontradas mortas em suas casas com sinais de asfixia.

Nos três casos, as vítimas tiveram pertences roubados. Por isso, a polícia trata o caso como latrocínio - roubo seguido de morte. Ele ainda teria tentado matar outro homem no dia 11 de maio na capital paranaense.

De acordo com as investigações da Polícia Civil do Paraná, o suspeito marcava os encontros por aplicativos de relacionamento usando nome e fotos falsas.

Ele marcava encontros nas casas das vítimas, ao chegar ao local, as rendia e estrangulava. Nos três casos, os corpos foram cobertos com lençóis e estavam com as mãos amarradas.

A polícia já havia identificado José Tiago Correia Soroka como principal suspeito dos crimes há duas semanas e, desde então, investigava o seu paradeiro.

Na época, o delegado Thiago Nóbrega, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, afirmou que Soroka é considerado um assassino em série e tem perfil de psicopata.

Últimas notícias