Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

INCÊNDIO

Tenda de vacinação pega fogo após curto-circuito na Capital

Há suspeita que um furto de fiação possa ter causado incêndio
15/04/2020 13:49 - Adriel Mattos, Bruna Aquino


 

Uma tenda instalada na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) Santa Carmélia, em Campo Grande, pegou fogo durante a madrugada desta quarta-feira (15). Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) informou que um curto-circuito pode ter causado o incêndio.

Há a suspeita também de parte da fiação elétrica do prédio ter sido furtada. O Corpo de Bombeiros foi acionado e gastou 500 litros de água para conter chamas. Devido à suspeita de furto, o caso foi registrado na Polícia Civil.

A vacinação contra a gripe segue normalmente, já que hoje se encerra a primeira etapa, que contemplou idosos e profissionais da saúde.  

CAMPANHA

O Ministério da Saúde antecipou a vacinação neste ano devido à pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Mesmo que essa vacina não imunize contra o vírus, o objetivo é facilitar os diagnósticos.

Na segunda etapa, que começa na quinta-feira (16), além dos caminhoneiros,  doentes crônicos, profissionais das forças de segurança e salvamento, motoristas de transporte coletivo e portuários, além de detentos e adolescentes em medida socioeducativa. Neste grupo, não entram os taxistas e motoristas de aplicativo.

Professores da rede pública e privada, que estavam no grupo da segunda fase, vão ser vacinados na próxima etapa, que começa em 9 de maio. Além desses profissionais, serão imunizadas nesta etapa crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, adultos entre 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência.

 

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!