Clique aqui e veja as últimas notícias!

PSDB

Fundação cogita ataque hacker para pane de app nas prévias do PSDB

Sigla passou a testar outros aplicativos na tentativa de concluir a votação até domingo
24/11/2021 20:00 - FOLHAPRESS


SÃO PAULO, SP, E BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A fundação responsável pelo aplicativo de prévias do PSDB, que falhou no domingo (21), afirmou, em nota divulgada nesta quarta (24), que "considera muito plausível a ocorrência de um ataque de hackers ao aplicativo".

O partido aguardava a análise da Faurgs (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul) sobre as causas da pane no aplicativo de votação e havia dado até terça-feira (23) para essa explicação.

Paralelamente, a sigla passou a testar outros aplicativos de empresas privadas, na tentativa de concluir a votação até domingo (28). 

Os governadores João Doria (SP) e Eduardo Leite (RS), além do ex-prefeito Arthur Virgílio (AM), que concorrem nas prévias, pressionam pela conclusão do pleito.

"A apuração da Faurgs apontou como causa mais provável um congestionamento de acessos incompatível com o número de eleitores cadastrados. Portanto, a Faurgs considera muito plausível a ocorrência de um ataque de hackers ao aplicativo, a partir das 8h15 –uma vez que desde às 7h o sistema funcionou perfeitamente, com cerca de dois mil votos computados. Após isso, até o final da votação, ainda mil votos foram computados", diz a nota.

Segundo a fundação, 44.828 eleitores do PSDB se cadastraram no aplicativo, que teria condições de realizar a votação com esse número de acessos, pois testes nesse sentido já tinham acontecido.

"Em 21 de novembro, dia da votação, foi verificada uma demanda atípica de capacidade de processamento de dados entre 8h e 18h", afirma a fundação.

"Diante disso, a Faurgs esclarece que, nas condições normais contratadas, o software desenvolvido funcionou perfeitamente. A plataforma utilizada (Azure Microsoft) tem capacidade para muito mais acessos do que o tamanho do colégio eleitoral. A instabilidade, portanto, se deu por condições externas ao aplicativo", explica a entidade na nota.