Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BRASÍLIA

Bolsonaro quer trocar diretor da PF e Moro ameaça demissão

Ministros tentam convencer presidente a voltar atrás e impedir saída do ex-juiz
23/04/2020 14:06 - Adriel Mattos


 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, avisou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que vai trocar o diretor-geral da Polícia Federal (PF). Atualmente, o cargo é ocupado por Maurício Valeixo.

Moro demonstrou surpresa, segundo interlocutores informaram ao portal G1. Valeixo é um nome de confiança do ministro e respeitado pelos agentes da corporação. Bolsonaro não informou o motivo da substituição. Segundo o G1, o presidente quer um delegado próximo à família Bolsonaro no comando da PF.

Aliados do ministro dizem que ele cogita pedir demissão, conforme a revista Veja. Walter Braga Netto, chefe da Casa Civil, e Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, estão tentando impedir a saída de Moro e convencer o presidente a não dispensar Valeixo, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo.

 

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.