Clique aqui e veja as últimas notícias!

NO TWITTER

Bolsonaro compartilha discurso do presidente do TJMS defendendo volta ao trabalho

No discurso de posse, desembargador criticou medidas de isolamento social
25/01/2021 10:26 - Glaucea Vaccari


O presidente Jair Bolsonaro compartilhou, nesta segunda-feira (25), vídeo com trecho do discurso do presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desembargador Carlos Eduardo Contar, defendendo o retorno ao trabalho e criticando as medidas de restrição durante a pandemia do coronavírus.

“Voltemos nossa força ao trabalho, deixemos de viver conduzidos como rebanho para o matadouro daqueles que veneram a morte, que propagandeiam o quanto pior melhor, desprezemos pois o irresponsável, o covarde e picareta da ocasião que afirma ‘fiquem em casa’,‘não procurem socorro médico com sintomas leves’, ‘não sobrecarreguem o sistema de saúde’”, diz o desembargador, no vídeo.

O vídeo foi compartilhado no Twitter do presidente, com a mensagem “Presidente do Tribunal de Justiça do MS e a volta ao trabalho... “, seguido do vídeo e de link para a discurso completo.

Últimas notícias

O discurso foi feito pelo desembargador ao assumir a presidência do TJMS, na última sexta-feira (22), em sessão solene realizada em Campo Grande.

Ainda no trecho compartilhado por Bolsonaro, o magistrado afirma que “os tempos são realmente estranhos”.

“Mostremos nós, trabalhadores do serviço público, responsabilidade com os deveres e obrigações com aqueles que representamos e, por isto mesmo, retornemos com segurança, pondo fim à esquizofrenia e palhaçada midiática fúnebre, honrando nossos salários e nossas obrigações, assim como fazem os trabalhadores da iniciativa privada, que precisam laborar para sobreviver e não vivem às custas da viúva estatal com salários garantidos no fim de cada mês”, completou.

Posse

Na sexta-feira, assumiram o comando do Poder Judiciário Sul-mato-grossense os desembargadores Carlos Eduardo Contar (Presidente), Sideni Soncini Pimentel (Vice-Presidente) e Luiz Tadeu Barbosa Silva (Corregedor-Geral de Justiça).

Além da pandemia, o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul também afirmou, no discurso, que há necessidade constante de evolução do Poder Judiciário do Estado, sem acomodações.

"É preciso que sejamos diferentes, é preciso ter audácia, é preciso arriscar, tentar, buscar, lutar e vencer – se possível – não permitindo repetir, não permanecendo em situação inercial e não fazendo o mesmo, sob pena de sermos atropelado pelos fatos, pela rapidez das ocorrências, pelas necessidades e exigências de um mundo digital”, explicou.

Ele encerrou o discurso afirmando que “o Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul continuará a ser grande e cada vez maior, com a ajuda e participação de todos".