Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORTESIA

Bolsonaro visita presidente do STF no hospital

Bolsonaro deixou o Planalto para visita de cortesia ao presidente do STF
27/05/2020 11:32 - Agência Brasil


O presidente Jair Bolsonaro fez nesta manhã uma visita ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, que está internado desde o último sábado em um hospital em Brasília. Toffoli passou por uma pequena cirurgia, que transcorreu sem problemas, mas depois apresentou sinais respiratórios que sugeriram infecção pelo novo coronavírus, por isso continuou internado em observação. O presidente do STF já fez dois exames no hospital e todos foram negativos para covid-19.

Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada por volta das 8h30 desta quarta-feira (27) e dirigiu-se até o Hospital DF Star, da Rede D'Or, na Asa Sul, onde permaneceu por mais de meia hora. A visita não consta da agenda oficial do presidente para esta quarta e a Secretaria de Comunicação da Presidência da República confirma apenas que ele esteve no local. A visita a Toffoli foi confirmada pela assessoria do hospital.

Ele ficará em licença médica por uma semana. Durante o período, o STF será comandado pelo vice-presidente, ministro Luiz Fux.

Agenda

Pouco antes das 10h, Bolsonaro já estava no Palácio do Planalto para cumprir a agenda do dia. O primeiro compromisso nesta manhã é uma reunião por videoconferência com o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS), às 10h. Em seguida, ele se reúne com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo. À tarde, Bolsonaro se encontra com o ministro da Educação, Abraham Weintraub.


 

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.