Clique aqui e veja as últimas notícias!

ENTREVISTA

Bolsonaro enaltece Luiz Ovando, médico que defende tratamento precoce contra a Covid

Em contra partida, o presidente criticou protocolo de atendimento de ex ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta
23/07/2021 18:00 - Thais Libni


Em entrevista à rádio Grande FM 92,1 FM de Dourados, o Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) enalteceu o Deputado Federal Luiz Ovando (PSL) por defender o tratamento precoce de pacientes com a Covid-19 e criticou Luiz Henrique Mandetta, pelo protocolo de atendimento orientado, enquanto ministro da Saúde no início da pandemia, quando a doença ainda era desconhecida.

"O tratamento precoce tem dado certo, o deputado federal de Mato Grosso do Sul Dr. Ovando tem defendido, é obrigação do médico encontrar uma forma de tratar o paciente, não usar o protocolo Mandetta que é "vá para casa e quando sentir falta de ar procure um médico", vai procurar o médico pra quê? Para ser intubado?", declarou Bolsonaro.

Últimas Notícias

Ainda não há evidências cientificas que comprovem que o tratamento precoce reduz os riscos da doença como o presidente afirmou, dando exemplo de seu tratamento e de conhecidos.

"O médico constatou a Covid em mim, eu tomei hidroxicloroquina e no dia seguinte estava bem, não senti mais nada. Umas 200 pessoas que eu conheço se contaminaram com a Covid, fizeram tratamento precoce e não foram parar em hospital", disse.

Questionado sobre a vacinação no país, Bolsonaro disse que Brasil deve estar totalmente imunizado em novembro.

"Eu acredito que fechamos a vacinação toda em novembro. O Brasil saiu na frente em negociação de vacina e isso nos deu vantagens", defendeu.

Por fim Bolsonaro falou sobre o voto impresso. "Eu defendo eleições limpas, e isso não é uma bandeira só minha".

Assine o Correio do Estado