Clique aqui e veja as últimas notícias!

CAMPANHA ON-LINE

Candidatos de Mato Grosso do Sul já gastaram R$ 200 mil com redes sociais

Loester Trutis e Vinicius Siqueira, do PSL, e Marcelo Bluma, do PV, foram os que mais pagaram por propaganda nas redes
19/10/2020 07:50 - Eduardo Miranda


Os candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul já gastaram R$ 204,9 mil em impulsionamento nas principais redes sociais nos últimos dois meses.

O Correio do Estado fez um levantamento dos campeões de gastos em redes sociais, como Facebook e Instagram, de 4 de agosto – quando muitos já estavam em pré-campanha – até sábado (17), quando a Justiça começou a, de fato, arbitrar a guerra, que teve início nos palanques virtuais.

Dos oito candidatos nestas eleições que mais gastam no Estado, sete são de Campo Grande.

O deputado federal Loester Trutis (PSL), que ainda não se deu por vencido na disputa com o correligionário Vinicius Siqueira para ver quem será o candidato do partido para prefeito da Capital, foi quem mais gastou com impulsionamentos: R$ 21 mil até o sábado (17), sendo R$ 2 mil somente na última semana.  

Trutis está fora do horário eleitoral (o programa que está no ar é o de Vinicius Siqueira), mas isso não importa muito para o deputado, que fez sua carreira justamente gerando bastante interação com seus 34 mil seguidores do Facebook e 15,4 mil seguidores do Instagram.

O engenheiro Marcelo Bluma (PV), que se lança candidato a prefeito da Capital, ou a governador, há quase duas décadas, em todas eleições, já investiu R$ 19,4 mil em impulsionamentos, sendo R$ 11,8 mil somente na semana passada.

Bluma, que tem uma comunidade de 21,3 mil seguidores no Facebook e 1,1 mil no Instagram, é um dos candidatos com o menor tempo de televisão e rádio entre os 15 com espaço no horário eleitoral gratuito.