Política
ELEIÇÕES 2022

Ex-ministra Damares Alves não garante apoio ao Capitão Contar na disputa pelo governo de MS

A pastora está em Campo Grande para encontro com lideranças políticas e religiosas

Ana Clara Santos, Naiara Camargo

27/05/2022 16:47

A ex-ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves (Republicanos), que está em Campo Grande nesta sexta-feira (27), afirmou que não irá apoiar a candidatura do deputado estadual Capitão Contar, que é pré-candidato pelo PRTB na disputa pelo governo de Mato Grosso do Sul. 

Ao desembarcar, nesta manhã, no Aeroporto Internacional, Damares atendeu a imprensa e na oportunidade reiterou que está do lado da ex-ministra Tereza Cristina (PP) e de quem ela apoiar para candidato em MS. 

““Eu amo Tereza, somos apaixonados por ela, o país inteiro, então, é com Tereza e com o pré-candidato Wilton Acosta e os demais que aparecerem”, declarou. 

Então, embora Contar seja aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL), assim como Damares, a ex-ministra não irá apoiá-lo, já que está acompanhando Tereza Cristina na formação das alianças partidárias. 

Tereza, que é de MS, declarou apoio à candidatura de Eduardo Riedel, que disputará o Executivo Estadual pelo PSDB. O gesto foi acompanhado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que deve vir ao Estado ou gravar um vídeo para reconhecê-lo como seu candidato no Estado. 

Por meio da assessoria de imprensa, o deputado estadual disse que apoiará a candidatura de Tereza ao Senado, mesmo sem a reciprocidade da ex-ministra.