Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ELEIÇÕES 2020

Deputado cita ‘alinhamento’ e defende manter vice de Trad

Lídio Lopes diz não ver motivos para trocar a atual vice-prefeita na chapa para a reeleição de Marcos Trad
31/07/2020 07:41 - Adriel Mattos


O deputado estadual Lídio Lopes, presidente do Patriota em Mato Grosso do Sul, defendeu que ainda há um alinhamento para manter Adriane Lopes como vice na chapa para a reeleição do prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD).

Ao Correio do Estado, o parlamentar – que é esposo da vice-prefeita – disse que Adriane fez um bom trabalho ao lado de Trad.

“Temos um alinhamento e não vejo o porquê de trocar”, frisou Lopes.

Porém, o deputado afirmou que ainda não foi discutida se a aliança de 2016 será mantida em 2020.

“O prefeito [Marcos Trad] ainda não discutiu porque está focado no combate à pandemia”, explicou.

 
 

ESTADO

Nos demais municípios do Estado, o Patriota vai ter pelo menos 20 candidaturas a prefeito.

“Falta mais uma para definir. E teremos quatro disputando como vice”, destacou.

Em 46 cidades, haverá candidatos a vereador. Na Capital, 44 pessoas vão disputar as 29 cadeiras da Câmara Municipal.

EM ESPERA  

A pandemia de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus) levou os 79 prefeitos e prefeitas de Mato Grosso do Sul a deixar um pouco de lado as articulações para as eleições deste ano.

Enquanto o Patriota quer continuar com a vaga de vice na Capital, o PSDB também almeja a segunda posição da chapa.

O governador Reinaldo Azambuja quer levar seu partido a apoiar a reeleição de Trad, em retribuição ao apoio que o tucano recebeu do prefeito nas eleições estaduais em 2018.

Porém, Trad evita falar publicamente do pleito deste ano, o que esfriou os ânimos no PSDB.

O presidente municipal do partido, vereador João César Mattogrosso, declarou ao Correio do Estado na semana passada que a definição deve ocorrer em breve.

“Precisamos por tudo na balança e dependemos de gestos. Alguns detentores de mandato têm vontade própria, mas precisamos ter cautela”, disse.

O atual prefeito deve concorrer à reeleição com pelo menos outros 14 concorrentes. A confirmação das candidaturas deve acontecer até setembro.

 
 

Felpuda


Conversas muito, mas muito reservadas mesmo tratam de possível mudança, e não pelo desejo do “inquilino”.

Por enquanto, e em razão de ser um assunto melindroso, os colóquios estão sendo com base em metáforas.

Até quando, não se sabe, pois o que hoje é considerado tabu poderá se tornar assunto em rodinhas de conversas.

Como dizia o célebre Barão de Itararé: “Há mais coisas no ar, além dos aviões de carreira”. Só!