Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DOURADOS

"Não vai tentar reeleição; quer tempo para os netos", diz filho da prefeita Délia Razuk

Cidade tem o segundo maior colégio eleitoral do Estado
04/03/2020 13:21 - Izabela Jornada


Prefeita de Dourados, Délia Razuk (PTB), mãe do deputado estadual Neno Razuk (PTB) não tentará reeleição. A informação foi divulgada pelo parlamentar durante sessão que ocorreu na manhã desta quarta-feira (4), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (Alems).  

De acordo com Neno, “esse é um pedido da família. Meu pai já tem 80 anos e ela não consegue curtir os netos e para que ela tenha uma vida normal, ela não vai tentar reeleição”, adiantou o parlamentar.

Já em Campo Grande, o PTB quer investir na pré-candidatura do ex-senador Delcídio do Amaral. "Esse é o desejo do partido, mas depende dele", afirmou Neno.

Ainda em Dourados, Neno disse também que existem conversas avançadas de que o partido deve apoiar a pré-candidatura do deputado estadual José Carlos Barbosa (DEM), o Barbosinha. O parlamentar do DEM disputará o cargo com o deputado do MDB Renato Câmara.

O segundo maior colégio do Estado, com um eleitorado com cerca de, 162.476 eleitores, poderá ter mais um deputado estadual postulante ao cargo de prefeito de Dourados, o parlamentar Marçal Filho (PSDB). Porém, depois de reuniões com os demais tucanos, Marçal não falou mais sobre o assunto. Isso porque o PSDB teria feito alianças com outros partidos.

Em Campo Grande o processo eleitoral para os tucanos também está lento. O compromisso do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) de retribuir apoio ao prefeito da Capital, Marcos Trad (PSD), em seu projeto de reeleição nas eleições municipais que estão marcadas para outubro de 2020, tem dificultado a Executiva municipal de se organizar para o pleito. O presidente da agremiação Sérgio de Paula disse, anteriormente, que era necessário esperar o governador se pronunciar quanto a possibilidade ou não de lançar candidato.

A deputada federal, Rose Modesto (PSDB) já adiantou que só está aguardando o aval do governador para ser a pré-candidata a prefeita de Campo Grande dos tucanos.

 

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.