Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

ELEIÇÕES 2020

Candidato Dr Fernando vence na cidade de Selvíria com 65% dos votos válidos

O adversário Paulinho (PTB) ficou em segundo lugar na disputa com 1.902 votos
15/11/2020 19:25 - Ricardo Campos Jr


O candidato Dr Fernando (PSDB) foi eleito prefeito de Selvíria neste domingo (15) com 65,16% dos votos válidos. O adversário Paulinho (PTB) ficou em segundo lugar na disputa com 1.902 votos, o que corresponde a 34,84% dos votos válidos.

No município, houve 45 votos em branco, o que corresponde a 0,78% dos votos válidos, além de 203 nulos (3,56%). Os votos terminaram de ser contados às 18h59.

DISPUTA ELEITORAL

Em Mato Grosso do Sul, 1.932.293 eleitores estão aptos a votar nos 79 municípios para escolher prefeitos e vereadores. Somente em Campo Grande são 612.487. A Justiça Eleitoral no Estado registrou 290 candidatos a prefeito e 8.071 candidatos a vereador. Um total de 419 candidatos para estes dois cargos estão em busca da reeleição.

O primeiro turno estava marcado para 4 de outubro, mas foi adiado para hoje em razão da pandemia da Covid-19.

Por conta dos riscos que a doença oferece, uma série de normas de biossegurança foram adotadas em todas as sessões, como uso de máscara obrigatório, orientação para que os eleitores levassem as próprias canetas, horários preferenciais para o público de risco e mais tempo até o fechamento das urnas, o que neste ano ocorreu às 17h (uma além do normal).

APURAÇÃO

Uma série de problemas atrasou a contagem dos votos. Normalmente, resultados parciais são divulgados nos primeiros minutos após o começo da apuração, o que não foi o caso. A explicação é que nos anos anteriores os resultados eram transmitidos pelo site do TRE, por isso eram divulgados mais rapidamente.

 

Felpuda


Comentários ouvidos pela “rádio peão”, em ondas curtas, são de que figurinha só ganharia apoio dos colegas caso pessoa agregada fosse “curtir a aposentadoria” de uma vez por todas. Como seu acordo político acabou naufragando nesta campanha, agora dito-cujo estaria querendo recuar e não ceder o lugar. 

Isso até poderia acontecer, se não fosse a sua, digamos, eminência parda. Afe!