Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BRASÍLIA

Após 18 dias, Bolsonaro efetiva general como ministro interino da Saúde

Eduardo Pazuello já respondia pela pasta desde a demissão de Nelson Teich
03/06/2020 09:23 - Adriel Mattos


O general de Exército Eduardo Pazuello foi nomeado oficialmente como ministro interino da Saúde. O decreto foi publicado na edição desta quarta-feira (3) do Diário Oficial da União (DOU).

Desde que Nelson Teich pediu demissão em 15 de maio, Pazuello já respondia pelo ministério, inclusive assinando documentos. O general era secretário-executivo da pasta antes da saída do médico oncologista.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, já declarou anteriormente não ter pressa de escolher um titular para o Ministério da Saúde, chegando a dizer que Pazuello ficaria por muito tempo como interino. Diversos nomes foram citados ao longo das últimas semanas para o cargo, apesar de alguns terem perdido força. Seguem no páreo o diretor de saúde da Marinha, almirante Luiz Fróes, e o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS).

Um dos primeiros atos de Pazuello como ministro interino foi alterar o protocolo de tratamento da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Antes indicada apenas para casos graves, o uso da hidroxicloroquina passou a ser receitado também para formas leves da enfermidade.

Após nomear diversos militares no ministério, Pazuello chegou a convidar Teich para auxiliá-lo, que recusou. Nesta semana, o empresário Carlos Wizard foi convidado a assumir a secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos em Saúde.

 
 

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!