Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

ELEIÇÕES 2020

Estado apresenta 69 ocorrências nas urnas eletrônicas até a tarde deste domingo

A região com maior número de intervenções foi a Capital, com 18 substituição e 13 ajustes
15/11/2020 16:14 - Gabrielle Tavares


Segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), 69 urnas registraram ocorrências no Estado até às 15h30 deste domingo (15).

Trinta e duas máquinas apresentaram defeitos e precisaram ser substituídas e 37 receberam ajustes, em 21 municípios do Estado.

A região com maior número de intervenções foi a Capital, com 18 substituição e 13 ajustes. Sete Quedas aparece em segundo, com 4 ajustes.

O TRE/MS ainda aponta que este número corresponde a 0,52% das urnas disponíveis em MS. São ao todo 6 096 máquinas funcionando nos 79 municípios. No estado todo são 614 mil eleitores liberados para votar.

Última atualização do TRE ao meio-dia, mostrava 49 ocorrências no Estado. Aumento de 20 novas urnas em um intervalo de três horas e meia.

Mais de 150 milhões de brasileiros saem de casa neste domingo para votar nas eleições municipais.

Confira a lista de locais e ocorrências reportadas até as 15h30

- Anaurilândia: 2 substituição

- Campo Grande: 18 substituições / 13 ajustes

- Bandeirantes: 1 substituição

- Paranaíba: 1 ajuste

- Caarapó: 1 ajuste / 1 substituição

- Ladário: 2 ajuste

- Coronel Sapucaia: 2 substituição / 2 ajuste

- Rio Brilhante: 1 substituição

- Eldorado: 2 ajustes

- Aparecida do Taboado: 1 substituição / 1 ajuste

- Itaquiraí: 1 ajuste

- Antônio João: 1 ajuste

- Sete Quedas: 4 ajuste

- Corumbá: 1 substituição/ 3 ajuste

- Fátima do Sul: 3 ajustes

- Aral Moreira: 1 ajuste

- Dourados: 1 substituição

- Nova Alvorada do Sul: 1 substituição / 2 ajuste

- Ivinhema: 1 substituição

- Deodápolis: 1 ajuste

- Chapadão do Sul: 1 substituição

 

▶️ 69 ocorrências até o momento

✅ Total de urnas: 6.096 (100%)

✅ Substituição: 32 (0,52%)

✅ Ajustes: 37 (0,60%)

 
 

Felpuda


Figurinha cuja eleição estava sub judice trabalha intensamente para ter a votação legalizada. Isso acontecendo, garante uma das cadeiras de vereador. Assim, quem hoje foi proclamado eleito vai para a fila da suplência.

Caso isso ocorra, a figurinha que corre o risco não deverá ficar desamparada, pois deixou secretaria municipal para disputar as eleições e poderá ter a cadeira de volta em 2021. Agora, resta esperar para ver onde vai parar.