Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

ELEIÇÕES 2020

Após a morte repentina do pai Onevan de Matos, Rhaiza de Matos vence em Naviraí

Deputado estadual faleceu na véspera da disputa e a filha assumiu o lugar dele
15/11/2020 23:23 - Ricardo Campos Jr


Rhaiza de Matos (PSDB) venceu as eleições em Naviraí, onde assumiu a frente da candidatura tucana após a morte do pai Onevan de Matos (PSDB) às vésperas do pleito. Ela obteve a preferência de 8.873 eleitores, o que corresponde a 36,49% dos votos válidos.

Doutor Izauri (DEM) ficou em segundo lugar na disputa com 30,81% dos votos válidos, seguido por Telma Minari (PODE) com 17% dos votos válidos e Bruno, com 14% dos votos válidos. Votos brancos somaram 2,99% e nulos, 4,58%.

EM CIMA DA HORA

As normas das eleições permitem a troca do candidato a prefeito com menos de 20 dias de antecedência do pleito somente em caso de morte. Onevan faleceu no Hospital Sírio Libanês em São Paulo, onde passava por tratamento de saúde há mais de um mês.

Na urna, quem votou para o ex-deputado estadual sequer chegou a ver a foto de Rhaiza, tão repetina foi a situação que forçou a mudança. Porém, no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o nome dela já constava entre os concorrentes.

 
 

HISTÓRIA

Mineiro de Frutal – hoje Itapagipe –, Onevan José de Matos nasceu em 17 de dezembro de 1942. Sua trajetória política teve início como vereador, por dois mandatos, no município de Jales (SP), ainda pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro).

Onevan de Matos chegou em Naviraí, então Estado de Mato Grosso, no ano de 1975, para exercer a sua profissão: advogado. Com a política correndo no sangue, Onevan foi responsável pela estruturação do então partido de Oposição ao Regime Militar nesta região do Estado.

Em 1978, logo após a criação de Mato Grosso do Sul, foi eleito deputado estadual na primeira Legislatura do Estado, participando da elaboração da 1ª Constituição da nova unidade da federação.

Em 1983 tomou posse em seu segundo mandato de deputado estadual. No seu terceiro mandato, que se iniciou em 1987, Onevan de Matos se licenciou do Parlamento Estadual para concorrer ao cargo de prefeito de Naviraí. Vitorioso na eleição, deixou a Assembleia Legislativa em 31 de dezembro de 1988 para assumir a prefeitura.

É sob o seu mandato (1989-1992) que ocorrem as maiores obras construídas em Naviraí, sobretudo nas áreas da Saúde, Habitação, Educação, Infraestrutura e Assistência Social. A Santa Casa, o Centro Odontológico, os Conjuntos Habitacionais "Harry Amorim Costa" e "Odércio de Matos" foram obras realizadas em sua gestão. Onevan construiu, também, 3 (três) escolas em sua gestão: “EM Odércio Nunes de Matos”, “EM Milton Dias Porto” e o Centro Integrado de Educação.

Em 1998 foi eleito pela quarta vez deputado estadual em Mato Grosso do Sul, sendo reeleito em 2002, 2006, 2010 e 2014. Atualmente, era deputado estadual Onevan de Matos integra a bancada do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) no Parlamento Estadual.

 

Felpuda


Esforços vêm sendo feitos por certos candidatos derrotados na tentativa de conseguir emplacar em cargos públicos comissionados alguns ex-integrantes das equipes de trabalho da campanha eleitoral.

A preocupação não seria, na realidade, com situação de dificuldades que essas pessoas enfrentariam a partir de agora, mas, sim, para livrarem-se de pagar pendências trabalhistas referentes ao período da disputa. Tem cada uma!