Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

ELEIÇÕES 202

Hélio Peluffo é reeleito para a prefeitura de Ponta Porã com 90% dos votos

Prefeito concorria ao cargo com outros dois candidatos e venceu com ampla vantagem
15/11/2020 22:01 - Daiany Albuquerque


O atual prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo Filho foi reeleito prefeito, com 90% dos votos válidos das eleições municipais ocorridas.

O resultado foi divulgado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) neste domingo (15). 

O candidato liderou todas as pesquisas divulgadas ao longo do período eleitoral. E agora retorna ao cargo para mais quatro anos de gestão.

Todas as urnas foram apuradas e ao todo mais de 47 mil eleitores votaram em três candidatos, sendo que mais de 40 escolheram Peluffo como candidato, conforme dados do TRE-MS.

Do volume de eleitores da cidade, 1.669 votaram nulo, que somou 3,52% e 2,63% decidiram votar em branco.

ELEITORES

Em Mato Grosso do Sul, 1.932.293 eleitores estavam aptos a votar nos 79 municípios e eles tiveram de ser submetidos a medidas de biossegurança como o distanciamento físico e a higienização constante das mãos. Em Campo Grande, 612.487 eleitores podiam votar.

O primeiro turno das eleições, que deveria ter ocorrido em 4 de outubro e foi adiado para este dia 15, ocorreu com a determinação de que eleitores e mesários cumprissem várias obrigações, como evitar ao máximo o contato com objetos e entre pessoas. 

Durante a votação, o uso de máscara foi obrigatório, podendo o presidente da seção impedir o eleitor de entrar no recinto se ele não estivesse usando o acessório de proteção. 

No Estado, os eleitores tiveram a opção este ano de escolher um dos 290 candidatos a prefeito e um entre os 8.071 candidatos a vereador. Um total de 419 candidatos para estes dois cargos estiveram em busca da reeleição.

Clique aqui e confira todos os números da apuração de hoje.

 
 

Felpuda


Figurinha cuja eleição estava sub judice trabalha intensamente para ter a votação legalizada. Isso acontecendo, garante uma das cadeiras de vereador. Assim, quem hoje foi proclamado eleito vai para a fila da suplência.

Caso isso ocorra, a figurinha que corre o risco não deverá ficar desamparada, pois deixou secretaria municipal para disputar as eleições e poderá ter a cadeira de volta em 2021. Agora, resta esperar para ver onde vai parar.