Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MULHERES NA POLÍTICA

Inscrições para curso de capacitação jurídica para mulheres

As aulas serão on-line, com exposição do conteúdo e debates
03/06/2020 10:16 - Bruna Aquino


Estão abertas as inscrições para o curso de capacitação jurídica "Mulheres na Política", realizado pela Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) com o apoio da Comissão de Participação e Valorização Feminina do Tribunal. 

O curso terá início no dia 15 de junho e término em 8 de julho, às segundas e quartas-feiras, das 19h às 20h. As inscrições podem ser realizadas no site do Tribunal. 

A capacitação gratuita tem o objetivo de despertar nas mulheres que desejam participar ativamente do processo eleitoral uma compreensão jurídica básica sobre a organização do Estado Brasileiro, direitos fundamentais individuais, sociais e políticos, sobre a ordem econômica financeira, tributação e orçamento, ordem social, meio ambiente e direito indígena.

O Curso será ministrado pela juíza federal da 3ª região Raquel Domingues do Amaral, ex-professora universitária, mestre em Efetividade do Direito, doutoranda no DINTER USP/UFMS, membro da Academia de Direito Processual Civil de Mato Grosso do Sul e membro da Academia sul-mato-grossense de Direito Público.  

COMO FUNCIONA?

As aulas serão on-line com utilização da ferramenta do Google Classroom para a divulgação de conteúdo, artigos e material audiovisual.

O conteúdo programático abrange o Direito Constitucional, o Processo Eleitoral Democrático, a Comunicação Política como Processo para o Exercício da Cidadania e Noções de Direito Eleitoral.

Como avaliação final do curso, as participantes deverão apresentar uma mini plataforma eleitoral, indicando os valores e princípios constitucionais norteadores da atuação da futura candidata.

 

 

Felpuda


Devidamente identificadas as figurinhas que agiram “na sombra” em clara tentativa de prejudicar cabeça coroada. Neste segundo semestre, os primeiros sinais começarão a ser notados como reação e “troco” de quem foi atingido. Nos bastidores, o que se ouve é que haverá choro e ranger de dentes e que quem pretendia avançar encontrará tantos, mas tantos empecilhos, que recuar será sua única opção na jornada política. Como diz o dito popular: “Quem muito quer...”.