MENU

Clique aqui e veja as últimas notícias!

LAMA ASFÁLTICA

Justiça bloqueia mais de R$ 205 milhões de Puccinelli e outras 10 pessoas e empresas

Ex-governador e outras dez pessoas são réus por suposto recebimento de propina da JBS
04/09/2020 11:59 - Glaucea Vaccari


Juiz da 1ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Roberto Ferreira Filho, determinou o sequestro de mais de R$ 205 milhões do ex-governador André Puccinelli, outras 10 pessoas e sete empresas.

Decisão é em processo que Puccinelli e outros dez são réus por suposto recebimento de propina da JBS em troca de incentivos fiscais.

Conforme publicação no Diário Oficial da Justiça, o sequestro é de bens móveis, imóveis e valores a título de danos imateriais, atendendo parcialmente requerimento do Ministério Público Estadual (MPMS).  

O ex-governador teve o maior bloqueio, de R$ 77.711.036,19.  

Também foram sequestrados bens dos denunciados:

  • o ex-secretário adjunto de Fazenda André Luiz Cance, no valor de R$ 39.915.227,00;  
  • o empresário João Alberto Krampe Amorim (R$ 10.500.143,00);  
  • o filho do ex-governador,  André Puccinelli Junior (R$ 3.506.891,40);
  • o advogado João Paulo Calves, apontado como o testa de ferro de Puccinelli (R$  3.506.891,40);
  • Jodascil Gonçalves Lopes (R$ 2.306.893,40);
  • o proprietário da Gráfica Alvorada, Micherd Jafar Junior ( R$ 4.942.084,95);
  • o empresário João Roberto Baird (R$ 6.501.462,33);
  • o empresário  Antônio Celso Cortez (R$ 5.968.797,73);
  • João Maurício Cance ( R$ 4.963.243,96);
  • Ivanildo Miranda (R$ 16.463.906,53).

Também foi determinado sequestro de bens das empresas:

  • Proteco Construções Ltda )(R$ 10.500.143,00
  • Gráfica Editora Alvorada Ltda (R$ 3.862.084.95)
  • Gráfica Jafar Ltda. (R$ 2.080.000,00)
  • Mil Tec Tecnologia da Informação Ltda (R$ 660.866,14)
  • Itel Informática Ltda (R$ 5.930.569,19)
  • PSG Tecnologia Aplicada Ltda (R$ 1.458.042,73)
  • Congeo Ambiental Eireli Epp (R$ 4.963.243,96)