Clique aqui e veja as últimas notícias!

AGLOMERAÇÃO

Projeto quer multar em R$ 5 mil promotores de festas clandestinas

Os participantes pode ser notificados em R$ 500; objetivo da medida é coibir atos que gerem aglomerações
17/06/2021 15:27 - Flávio Veras


Foi apresentado na Câmara de Campo Grande um projeto de lei que estabelece multa de até R$ 5 mil promotores de festas clandestinas no período da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).  

Segundo o autor da proposta, o vereador Beto Avelar (PSD), a iniciativa busca impedir ainda mais a presença de público nesses atos que provoquem aglomerações e contrariam as medidas sanitárias de distanciamento social e normas de biossegurança.  

“Mesmo com o toque de recolher e a proibição de grandes festas, os eventos continuam acontecendo em Campo Grande colocando milhares de pessoas em risco. A instituição da multa é uma medida que aumenta a responsabilidade do cidadão que ignora as medidas sanitárias e se arrisca neste momento da pandemia”, explicou.  

Para justificar a medida, Avelar destacou o novo boletim do Observatório Fiocruz Covid-19 que confirmou o aumento no número de casos de óbitos entre pacientes jovens.