Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EUA

Procurador de Nova York é demitido a pedido de Trump

Geoffrey Berman era um desafeto político do líder da Casa Branca
20/06/2020 19:00 - Estadão Conteúdo


 

A pedido do presidente americano, Donald Trump, o procurador geral dos Estados Unidos, William Barr, anunciou na tarde deste sábado (20) a demissão do procurador de Nova York, Geoffrey Berman, desafeto político do líder da Casa Branca.

No despacho, Barr se disse "surpreso e decepcionado" com a declaração de Berman na noite de sexta-feira de que não havia pedido para deixar o cargo. "Infelizmente, com a sua declaração da noite passada, você escolheu espetáculo público em vez de serviço público", escreveu o procurador-geral. Segundo pessoas familiarizadas com o assunto, a demissão deve ser questionada na Justiça.

Berman liderava investigações sobre possíveis crimes de Rudy Giuliano, advogado do presidente Trump. O líder da minoria no Senado, o democrata Chuck Schumer chamou a demissão de "um esquema descarado de Trump e Barr para interferir em investigações.

 

Felpuda


Conversas muito, mas muito reservadas mesmo tratam de possível mudança, e não pelo desejo do “inquilino”.

Por enquanto, e em razão de ser um assunto melindroso, os colóquios estão sendo com base em metáforas.

Até quando, não se sabe, pois o que hoje é considerado tabu poderá se tornar assunto em rodinhas de conversas.

Como dizia o célebre Barão de Itararé: “Há mais coisas no ar, além dos aviões de carreira”. Só!