Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ELEIÇÃO NA CAPITAL

PSDB emite nota reafirmando apoio a reeleição de Marquinhos

Medida embaralhou ainda mais uma possível composição de chapa entre Marquinhos Trad (PSD) e a legenda
10/09/2020 17:44 - Da Redação


O PSDB de Mato Grosso do Sul publicou na tarde desta quarta-feira (10), uma nota em que reafirma o apoio a reeleição do prefeito Marquinhos Trad (PSD) nas eleições de 2020. O documento foi divulgado poucas horas após a deputado Rose Modesto protocolar um documento onde revela a intenção de concorrer a Prefeitura da Capital no pleito deste ano.

Segundo o documento - assinado pelo presidente municipal da legenda na Capital, vereador João César Matogrosso e o presidente estadual do partido, Sérgio de Paula - a legenda afirma que a cidade vem obtendo avanços significativos nos últimos anos e de “forma coerente reitera o compromisso de apoiar a reeleição de Trad”.

"O PSDB reafirma seu compromisso e sua coerência nas eleições municipais de Campo Grande apoiando a reeleição do Prefeito Marquinhos Trad. Temos convicção que este é o melhor caminho para continuarmos avançando nas ações conjuntas que estão transformando nossa Capital e oferecendo melhor qualidade de vida a população”, diz o documento.

Em outro ponto, o partido ainda revela o alinhamento entre o governador do estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) a atual administração municipal de Campo Grande. 

“Em cinco anos, o governador destinou mais de R$ 1 bilhão para obras de infraestrutura, saúde, segurança pública, esporte, educação, entre outras áreas espalhadas por todas as regiões de Campo Grande.  Agora esta parceria se consolida com o apoio a reeleição do prefeito Marquinhos Trad”, finalizou a nota.

Na próxima terça-feira, o PSD realiza convenção partidária onde será anunciada a chapa que pretende buscar a reeleição de Trad. Já o PSDB, agendou sua convenção para um dia depois, na quarta-feira (16).

 
 
VEJA TAMBÉM

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!