Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CPI DA PETROBRAS

Rodrigo Janot pede acesso ao relatório da Kroll

CPI formalizou contrato com a Kroll para rastrear contas e bens de 12 pessoas suspeitas
20/08/2015 22:00 - Folhapress


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu à CPI da Petrobras acesso ao relatório da empresa de investigação Kroll e outros documentos relacionados.

Envolto em polêmicas desde o início, a CPI formalizou contrato com a Kroll em abril para rastrear contas e bens de 12 pessoas suspeitas de envolvimento com o esquema de corrupção na Petrobras. Um relatório da fase inicial do trabalho foi entregue em junho e, depois, o trabalho foi interrompido sem apresentar novidades.

Havia suspeitas de que o contrato da Kroll fosse usado em benefício do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para desqualificar as delações premiadas, já que a empresa investigava delatores que citaram Cunha como beneficiário do esquema de corrupção.

O pedido de Janot está sob avaliação do presidente da CPI, Hugo Motta (PMDB-PB), que é aliado próximo de Cunha, alvo da investigação do procurador-geral. Motta disse à reportagem ainda não ter uma decisão sobre o fornecimento dos dados à PGR (Procuradoria-Geral da República).

O deputado afirmou que o pedido não detalha os motivos pelos quais Janot quer ter acesso às informações da Kroll. Segundo ele, deve ser dada uma resposta na sexta-feira (21).

Como o ofício não se restringe ao relatório, pedindo também documentos relacionados, Janot pode tentar obter o contrato da Kroll, que teve um sigilo de cinco anos declarado pelo presidente da Câmara.

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...