Clique aqui e veja as últimas notícias!

COSTA RICA

Sem fazer sucessor, Waldeli Rosa investe em festa de despedida

Festança será grande na cidade, com distribuição de pipoca, DJs, shows e cantata, tudo em drive-in
21/12/2020 10:00 - Da Redação


A megafesta de despedida de Waldeli Rosa (MDB) da prefeitura de Costa Rica vai custar mais de R$ 243 mil e será paga pela população do município. 

E o que mais chama atenção é que o evento ocorrerá em meio à pandemia de Covid-19 e de medidas restritivas decretadas pelo próprio prefeito que impedem a realização de eventos para empresários e populares neste fim de ano.

Últimas notícias

Depois de perder a disputa para sua sucessão na prefeitura, Waldeli quer marcar a sua saída em grande estilo e sem poupar despesas, mesmo em meio ao coronavírus. 

Ele termina o segundo mandato neste ano e seu candidato à prefeitura de Costa Rica, Leandro Bertolazzi, foi derrotado pelo Delegado Cleverson (PP), após acirrada disputa.

Bastante ligado ao ex-governador André Puccinelli (MDB), Waldeli ganhou destaque nacional em suas administrações ao controlar as finanças da cidade em uma década de crise, pagando inclusive o equivalente a 15 salários aos professores em um ano.

Os eventos

No fim de semana a prefeitura realizou a Noite do Papai Noel, com distribuição de doces e pipocas; o Natal Iluminado, com o show do DJ Rodrigo Vieira; e a Cantata de Natal, com show gospel de Luiz Arcanjo, além de queimas de fogos. 

Em razão da pandemia, os três eventos ocorrerão no formato drive-in, ou seja, sem os participantes saírem dos carros.

 
 

O número de internações por Covid-19 teve aumento de mais de 80% em menos de um mês e os hospitais já operam na capacidade máxima de atendimento. São 468 pessoas internadas em hospitais públicos e privados do Estado para tratamento da Covid-19. 

Por conta da falta de UTIs, há pacientes que aguardam vagas nas alas vermelhas dos hospitais.

Conforme publicado no Diário Oficial de quarta-feira (16), a prefeitura contratou, com dispensa de licitação, a empresa Everton Oliveira da Silva Eireli para a realização da queima de fogos no dia 19 e 31 de dezembro, data da Cantata de Natal que ocorre no Parque Ecológico e réveillon que ocorrerá no Centro de Eventos Ramez Tebet. 

Para o show pirotécnico de Waldeli, a administração pagará R$ 45 mil.

O primeiro dos eventos, a Cantata de Natal, ocorreu no sábado. Serão pagos ainda mais R$ 43 mil para a empresa Rodrigo Vitorio Vieira de Souza, também contratada com dispensa de licitação, para a montagem de estrutura do show gospel de Luiz Arcanjo, além de projeção de luzes para o evento. 

Rodrigo Vieira se apresentou como DJ no dia 18.

Réveillon  

A festança de Waldeli vai continuar. Para o réveillon o prefeito vai esbanjar ainda mais. Além do show pirotécnico da queima de fogos de R$ 45 mil (parte no Natal e outra na festa de Ano-Novo), Waldeli contratou a empresa PPA Music Ltda. para a realização do show da dupla sertaneja Pedro Paulo e Alex pelo valor de R$ 155 mil, conforme publicado no Diário Oficial Municipal no dia 8 de dezembro. 

A festa ocorrerá no Centro de Eventos Ramez Tebet.

O que chama atenção é que os altos valores gastos em eventos festivos ocorrem durante o período de pandemia, com regras rigorosas da prefeitura e do governo do Estado para a realização de festas por empresários e pela população em geral.

De acordo com decreto nº 4.718, artigo 7º, de 1º de dezembro, do próprio Waldeli, “é proibida a realização de qualquer evento que tenha caráter de lazer ou entretenimento, tais como: I – shows e outras apresentações artísticas; II – bailes; III – festas de casamento, aniversários e afins; IV – confraternizações; V – eventos promocionais em bares, restaurantes, lanchonetes e afins; VI – inaugurações e afins; e VII – outros eventos que sejam considerados como de alto risco pela Vigilância Sanitária”.  

Além do decreto municipal, o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), também decretou toque de recolher em todo Mato Grosso do Sul até o dia 30 de dezembro. Até este sábado (19), 13 pessoas vieram a óbito em Costa Rica e 695 foram diagnosticadas com a doença.

Protocolos  

Procurada, a prefeitura de Costa Rica informou que todos os anos ocorrem eventos natalinos e que neste ano, por causa da pandemia, eles foram organizados de forma diferente – segundo o município, pensando na saúde dos que participam.  

Todos os eventos ocorreram no formato de drive-in. 

“Primeiro ocorreu a distribuição de doces e pipocas nos dias 17 e 18 de dezembro, onde as pessoas passavam de carro em frente ao Paço Municipal e recebia as guloseimas dos colaboradores, todos paramentados, e acenavam ao Papai Noel. Já no dia 18 de dezembro aconteceu o espetáculo de Natal, no Parque Ecológico Vilibaldo Rodrigues Barbosa, no formato drive-in, onde todos participantes ficam dentro dos carros e utilizando máscara”.  

Para os eventos que ainda serão realizados, a prefeitura promete manter os protocolos de segurança.

Assine o Correio do Estado