Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COVID-19

Senador apresenta melhoras, mas deve permanecer internado em Brasília

Nelson Trad está com o novo coronavírus e foi internado ontem
19/03/2020 13:31 - Yarima Mecchi


O senador por Mato Grosso do Sul, Nelson Trad Filho (PSD), que está internado desde ontem (18) no Hospital Sírio-Libanês em Brasília, teve uma evolução no quadro clínico, mas ainda deve permanecer na unidade de saúde. O parlamentar testou positivo para o novo coronavírus (Covid-19) na semana passada, após voltar de uma viagem com o presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos da América (EUA).  

De acordo com a assessoria de imprensa do senador, Trad está mantendo uma “boa oxigenação, e teve melhora significativa do estado geral de saúde”. Ainda conforme a nota o parlamentar passou por exames, realizou uma tomografia de tórax e, “de acordo com informações médicas, não apresentou sinais de gravidade. Não está com febre e pode receber alta em poucos dias”.

Conforme a Agência Senado, o presidente da casa, Davi Alcolumbre (DEM), também foi ao Hospital Sírio-Libanês ontem para a realização de exames e recebeu alta na manhã de hoje. "O presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre, realizou, na noite de quarta-feira (18), no Hospital Sírio Libanês de Brasília, uma tomografia para acompanhar a evolução da infecção por Covid-19. Por recomendação médica, Davi Alcolumbre ficou em observação no local e recebeu alta na manhã desta quinta-feira (19). O presidente do Senado permanecerá em casa, em isolamento, de acordo com as orientações médicas", diz a nota oficial da assessoria do senador.

CONTAMINAÇÃO

O senador Nelson Trad participou de comitiva presidencial em viagem aos Estados Unidos (EUA) no último dia 10 de março. Na volta ao Brasil, o ministro de Comunicação do presidente da República, Jair Bolsonaro, Fábio Wajngarten teve positivo para coronavírus e em seguida, o senador decidiu fazer exame para saber se havia contraído a doença.

Além de Nelson Trad e do ministro, mais de 18 pessoas que atuam no Congresso Nacional se contaminaram, entre eles o vice-presidente da República, General Heleno, a advogada do partido que Bolsonaro pretende criar, Aliança Pelo Brasil (APB), Karina Kufa, presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

A senadora Simone Tebet (MDB) está em isolamento e aguarda resultado de exame.

A deputada Rose Modesto (PSDB) que também teve contato com Nelson Trad, fez exame e deu negativo para coronavírus.

Bolsonaro fez dois testes e ambos deram negativo para a doença.

 

 
 

Felpuda


Nos bastidores, há quem garanta que a única salvação, de quem está com a corda no pescoço, é ele aceitar ser candidato a vice-prefeito em chapa de novato no partido. Vale dizer que isso nunca teria passado por sua cabeça, uma vez que foi eleito com, digamos, “caminhão de votos”. Se aceitar a imposição, pisaria na tábua de salvação; se recusar, poderá perder o mandato. Ah, o poder!