Clique aqui e veja as últimas notícias!

INTERIOR

Com prefeito "ficha suja", presidente da Câmara assume prefeitura de Sidrolândia

Vanda Camilo (PP) foi a vereadora mais votada e será a primeira mulher a assumir a prefeitura do município
02/01/2021 11:03 - Gabrielle Tavares


A vereadora Vanda Cristina Camilo (PP) foi eleita presidente da Câmara Municipal de Sidrolândia na sexta-feira (2) e assumirá a prefeitura da cidade pelos próximos dias. Isso porque o prefeito eleito com 46,44% dos votos, Daltro Fiuza (MDB) espera decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para saber se poderá assumir o cargo.

Vanda é servidora pública aposentada e foi a vereadora mais votada do município. Ela será a primeira mulher a assumir a prefeitura de Sidrolândia.

Últimas notícias

O vice-presidente é Sandro Gonzales (PSD), que assumirá o posto de presidente interino da Câmara. Também compõem a chapa Gilson Galdino (Rede) como primeiro secretário e a filha de Daltro Fiuza, Cristina Fiuza (MDB) como segunda secretária.

Outro grupo que concorria a presidência do legislativo municipal também era encabeçado por uma mulher, a vereadora e Professora Juscinei Claro (PP), irmã do Deputado Estadual Gerson Claro, com José Ademir Gabardo (PSDB) de vice, Itamar de Souza (Dem) como primeiro secretário e Gabriel Autocar (Patriota) de segundo secretário.

A disputa foi acirrada. Dos 15 vereadores, 8 votaram na chapa aliada a Fiuza e 7 no grupo aliado a Enelvo Felini (PSDB), oposição de Daltro nas eleições que recebeu com 39,51% dos votos e ficou em segunda posição.

Vanda ficará no cargo até o que o recurso de Fiuza seja julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Se o parecer for favorável, ele assume o comando de imediato, mas se a Justiça determinar a cassação de sua candidatura, o município passará por novas eleições.

Em entrevista ao jornal local Região News, Vanda disse que “vai fazer uma gestão transparente e espera contar com o apoio do Legislativo, inclusive de quem votou na chapa da vereadora Juscenei Claro”.